MUNICÍPIO  |  REGISTO  |  DOCUMENTOS  |  CONTACTOS  |  SIGA-NOS: | | | |

System Messages

Peça de Teatro “Inspektor” estreia na Moagem

Subtítulo

Da ESTE – Estação Teatral

Imagem destaque

A ESTE – Estação Teatral irá estrear a sua 34ª criação, cujo título é “Inspektor”, no auditório d’ A Moagem – Cidade do Engenho e das Artes, entre os dias 2 e 11 de fevereiro, às sextas-feiras e sábados, às 21.30h, e aos domingos, às 16.00h. Haverá sessões especiais para as escolas entre os dias 6 e 9 de fevereiro.

 

Este espetáculo é uma coprodução com o Cine Teatro Avenida de Castelo Branco e inspira-se na obra “O Inspector”, de Nikolai Gógol. “Inspektor” é uma obra “que nasce de outra, nesse potencial que a arte tem de desdobramento em novas funções. É, por isso, também, um trabalho de pesquisa da Estação Teatral que não fazendo peças de repertório as pode eventualmente revisitar para lhes buscar ressonâncias e sentidos atualizados pelos contextos específicos das suas abordagens”.

 

“Numa pequena cidade de província da Rússia de Nicolau I, os seus principais representantes, os diretores e responsáveis pelas suas instituições, que agem a seu belo prazer, dissociados do interesse comum, surge a notícia de que pode estar já ali presente um inspetor geral do reino para averiguar o bom funcionamento que cria no ‘status’ há muito estabelecido por um grupo de caciques cujo burgomestre é o seu mais distinto impulsionador”.

 

“Liberdade, sociedade, ética, democracia, indivíduo, civilização, corrupção são algumas palavras-chave aqui perscrutadas através das marcas de uma companhia que vem desde sempre defendendo o sentido de uma centralidade da encenação como motor de uma obra teatral”.

 

A encenação de “Inspektor” é de Nuno Pino Custódio, a dramaturgia (a partir da obra de Nikolai Gógol) é de Nuno Pino Custódio, em cocriação com Joana Poejo, Pedro Fino, Roberto Querido, Samuel Querido e Tiago Poiares; espaço cénico de Pedro Novo; figurinos de Maria Luiz; desenho de luz e operação de Pedro Fino; montagem de Pedro Novo e João Freitas; confeção de figurinos de Alfaiataria Juvenal; fotografia de Miguel Proença; design de comunicação de Hugo Landeiro Domingues; direção de produção de Alexandre Barata; interpretação de Joana Poejo, Roberto Querido, Samuel Querido e Tiago Poiares.

 

Os bilhetespoderão ser adquiridos n' A Moagem e terão o custo de seis euros para o público em geral. Para os jovens até 25 anos, estudantes, possuidores do cartão Moagem e sócios da ESTE o preço do bilhete será de quatro euros e para grupos com 6 ou mais elementos o preço do bilhete será de três euros, mediante reserva.

notícias

ultimas notícias

CÂMARA MUNICIPAL DO FUNDÃO

Praça do Município
6230-338 Fundão
Portugal

T. (+351) 275 779 060
F. (+351) 275 779 079
E. geral@cm-fundao.pt